“cozinhar não é serviço meu neto”, disse ela. “cozinhar é um modo de amar os outros”



(O Fio das Missangas, Mia Couto.)